CASOS DE COZINHA

Venha prosear na cozinha com a gente

O VERÃO, AS TEMPESTADES E OS BOLINHOS

Lembranças da infância quando se cobriam os espelhos á primeira ameaça de tempestade nos céus.
Espelhos cobertos, os poucos aparelhos elétricos desligados (não havia microondas, televisores, computadores...),
crianças debaixo das cobertas na cama de casal, junto com a mãe que aproveitava o momento para contar histórias.
As crianças adormeciam, a chuva cessava, ficava no ar o cheiro da terra molhada.
Outro cheiro invadia a casa: o dos bolinhos de chuva e do café que inteligentemente a mãe misturava ao leite.
Momentos felizes de uma infância, rica de momentos simples, mas de uma imensa ternura.
Experimente... Você vai gostar.




Misture 2 ovos com 2 colheres de sopa de açúcar e uma xícara de chá de leite.
Junte uma colher de sopa de fermento químico e farinha de trigo até que a massa fique numa consistência firme,
mas que permita pingá-la no óleo para a fritura.

Numa panela ou frigideira funda, coloque bastante óleo, que permita aos bolinhos boiarem, na hora da fritura.
Com o óleo bem quente, coloque a massa às colheradas e baixe o fogo para que o bolinho não fique cru por dentro.
Depois de fritos, coloque os bolinhos num escorredor forrado com papel toalha, para que haja absorção do óleo.
Passe os bolinhos por açúcar com canela e...
pronto, aqui estão os BOLINHOS DE CHUVA ! ! !